Pensamentos Sabotadores e o Processo alimentar

Todo mundo possui um pouco de ansiedade e isso não é ruim. A ansiedade nos move, nos impulsiona, nos dá aquele friozinho na barriga quando esperamos algo. O problema é que, quando isso acontece em excesso, vira algo que não conseguimos controlar. O nosso pensamento fica acelerado, nossos atos ficam impulsivos, nossa mente não se equilibra. Esse descontrole pode acontecer por diversos motivos: problemas familiares e afetivos, dificuldades com autoestima e aparência física, problemas no trabalho ou o simples fato de que seu cérebro se acostumou a pensar e agir de maneira impulsiva e sem equilíbrio.

Uma das maneiras que encontramos para “aliviar” esse excesso de ansiedade é com a alimentação. Emagrecer e manter-se magro, não está somente associado àquilo que se come, mas também pela maneira que se pensa. Comemos porque estamos ansiosos. Ganhamos peso. Ficamos mais ansiosos. Comemos mais para aliviar a tensão emocional. Ganhamos peso. Um ciclo vicioso que nos torna cada vez mais ansiosos e preocupados com nossa saúde e aparência física. Além de desenvolvermos uma crença inadequada de que a comida será a solução dos problemas.

Pensamento Gordo  X Pensamento Magro

Dessa forma, precisamos estar sempre atentos aos pensamentos que nos sabotam e nos fazem comer. Os chamados Pensamentos Sabotadores são aqueles permissivos (“só um pouquinho”, “só mais um não fará mal”) que nos desviam de nosso foco e daquilo que queremos. Eles vêm disfarçados, como se fossem bonzinhos e inofensivos, e quando percebemos… já comemos o “só mais um”.

De onde vêm esses Pensamentos Sabotadores? Esses são nossos. No decorrer da vida e dos anos, nós aprendemos a pensar e agir dessa ou daquela maneira no nosso meio social, cultural e familiar; a maneira como encaramos as situações da vida e nos relacionamos com a própria vida. Esses aspectos somados irão determinar quem somos e qual será nossa maneira de interpretar e nos relacionar com o mundo. E, dessa maneira, nossos pensamentos sabotadores são criados.

Quando você adota um novo jeito de pensar, modifica também a sua atitude diante de determinada situação. Para perder peso ou se manter magra, não é só o prato que precisa ser transformado. Os pensamentos também devem estar ao seu favor. Vejamos algumas diferenças entre os pensamentos:

Questione todo e qualquer tipo de Pensamento Sabotador, por mais que você não tenha consciência de que eles os são. Questione, procure evidências, argumente de maneira plausível e coerente, ao menor sinal de que eles apareceram. Faça esse exercício sempre que possível. Assim, você conseguirá controlá-los de maneira mais eficaz.

Quando você assume a responsabilidade no processo de emagrecimento, ganha o controle da situação e se sente mais capaz de modificar seus pensamentos, seus hábitos e seu corpo. Ninguém fica e permanece em forma por acaso. As escolhas do cardápio são feitas diariamente. Se você “pensa magro”, em vez de sofrer pelas coisas que não pode comer, se sente vitoriosa por se manter firme no seu plano e dessa maneira fortalece Hábitos de Resistência que nos ajudam a enfrentar os Pensamentos Sabotadores.

Saia do papel de vítima e se torne o personagem principal do seu emagrecimento e da maneira como se relaciona com a alimentação. Essa atitude protege você da autossabotagem. Quando nos colocamos no papel de vítima, assumimos essa postura em nossas vidas, não conseguimos ou temos muita dificuldade de sair desse círculo vicioso que criamos para nós mesmos.

Uma maneira de acalmar e equilibrar a mente é com a Respiração Diafragmática ou Abdominal. O objetivo da Respiração Diafragmática é desenvolver o autocontrole sobre alguns sistemas regulatórios do corpo e, assim, obter efeitos terapêuticos e melhora na qualidade de vida. Ao oxigenar melhor o cérebro, também regulamos a nossa frequência cardíaca, que ajuda no autocontrole emocional. Dessa forma, conseguimos ficar mais calmos, menos ansiosos, menos estressados, mais atentos e mais concentrados.
Segue abaixo o passo a passo para aprender e praticar a Respiração Diafragmática:

Respiração Correta

É dessa forma que fica a nossa frequência cardíaca com a Respiração Abdominal

Agora que você já sabe sobre os Pensamentos Sabotadores e a auto regular seu corpo com a Respiração Diafragmática, você já pode colocar tudo em prática para vencer a ansiedade e emagrecer, ou manter o corpo magro que sempre quis ter.

Gisele Freitas é Psicóloga Comportamental Cognitiva e Coach Alimentar na clínica BioVitta de Endocrinologia e Metabologia | giselefreitaspsicologa@gmail.com

AKTA liv D

O AKTA liv D abrange duas propostas diferentes. A primeira é o tratamento do diabetes tipo 2 com a proposta de reversão da doença ou diminuição do número de medicações utilizadas ao reverter a causa do diabetes. A segunda é que os alimentos do AKTA Liv D podem ser utilizados por diabéticos tipo 1 e tipo 2, sempre com orientação médica.

Diabetes Tipo 2
O Diabetes Tipo 2 ocorre devido a uma combinação de fatores genéticos e ambientais.

Nesta doença devido ao tipo de alimentação, somado a uma obesidade predominantemente abdominal, ocorre uma situação denominada resistência a insulina.

Nesta situação, a quantidade de insulina produzida pelo corpo tem que ser elevada para que consiga ter seu efeito. Com isso existe uma sobrecarga do pâncreas que em longo prazo deixa de produzir insulina com consequente aumento da glicemia no sangue.

AKTA liv – Alimentos

Os alimentos têm em sua composição proteína, gordura e carboidrato. As proteínas são compostos funcionais importantes para a manutenção das atividades no nosso corpo. As gorduras e carboidratos têm como função gerar energia para as nossas atividades.

A forma como estes carboidratos estão nos alimentos pode fazer com que a glicemia possa aumentar ou não mais rápido no sangue.

Quanto maior a quantidade de fibras menor a velocidade de absorção dos carboidratos e menor o pico de açúcar no sangue. Desta forma alimentos integrais que possuem uma quantidade maior de fibras são mais saudáveis para pacientes diabéticos do que os alimentos com carboidratos simples ou açúcar livre, no qual ocorre uma absorção mais rápida da glicemia e com isso um pico de glicose no sangue que é prejudicial ao nosso corpo.

Pacientes com diabetes tipo 1 e alguns com diabetes tipo 2, precisam de medicação ou insulina porque não conseguem produzir a quantidade suficiente que o corpo precisa para controlar o açúcar e carboidrato ingerido nas refeições. Isso faz com que a glicemia se eleve caso não haja medicação ou insulina pré-refeição.

O AKTA liv Alimentos tem como objetivo oferecer alimentos sem carboidrato que podem ser utilizados por portadores de diabetes no café da manhã ou lanches para evitara aumento dos valores de glicemia nos intervalos das refeições ou a necessidade do uso de insulina nas refeições intermediárias.

Mais sobre AKTA liv - Alimentos

  • O que é?

O AKTA liv Alimentos é um alimento composto de proteínas de alto valor biológico, com menos de 1% de carboidrato e gordura na sua composição. Para pacientes diabéticos, a substituição de lanches por estes alimentos possibilita manter componentes funcionais do organismo sem que haja aumento dos valores de glicemia.

  • Como utilizar?

Os Alimentos AKTA liv podem ser utilizados no café da manhã ou lanches. Não deve ser substituídos em todas as refeições. É necessária a supervisão e acompanhamento médico para orientação e ajuste de medicação individual.

Para Diabéticos tipo 1

Pacientes diabéticos tipo 1 tem que aplicar insulina sempre que ingerem qualquer alimento com carboidrato. Desta forma a substituição das pequenas refeições por alimentos sem carboidrato poderia trazer conforto e praticidade para não ser necessária a aplicação de insulina na escola ou trabalho nos intervalos.

Os alimentos AKTA liv podem ser utilizados no café da manhã ou lanches. Não devem ser substituídos por todas as refeições. Nas outras refeições o paciente deverá seguir o tratamento e alimentação sugeridos por seu médico. É necessária supervisão e acompanhamento médico para orientação e ajuste de medicação individual.

Os 3 pilares

São três pontos básicos e definitivos para ter um tratamento completo e eficaz:

maça verdeAlimentação

A estabilidade do peso corpóreo ocorre devido ao equilíbrio entre a quantidade de calorias ingeridas com a dieta e a quantidade de calorias consumidas pelo organismo. Quando ocorre um desequilíbrio nesta relação, as calorias em excesso são estocadas na forma de gordura levando ao ganho de peso.
A alimentação no AKTA liv é uma proposta personalizada de acordo com o metabolismo basal, meta de peso e motivação individual, que é avaliada e discutida pela equipe médica e de nutricionistas com o paciente.
A proposta original e mais utilizada é uma dieta de baixo valor calórico composta de proteínas de alto valor biológico ajustada ao metabolismo de cada organismo o que possibilita uma perda de peso rápida evitando entrar no platô metabólico durante o tratamento. A perda de peso acentuada nas primeiras etapas, sem sensação de fome e com disposição física, se deve ao processo desencadeado através desta proposta alimentar.

Metabolismo

A taxa metabólica basal é o principal componente do gasto energético diário e sofre influência de diversas variáveis sendo que em alguns pacientes a quantidade de calorias gasta por dia é baixa constitucionalmente. Além disso, durante o processo de perda de peso, ocorre uma diminuição deste metabolismo como mecanismo de alerta.
A proposta AKTA liv leva em consideração o metabolismo inicial e a quantidade de peso a ser perdido para que o paciente consiga atingir seu peso alvo e evite entrar no platô. O aumento do metabolismo é feito através da atividade física funcional, aumento da termogênese e o processo de gradação.
A atividade física funcional tem como proposta o aumento de massa muscular que aumenta a taxa metabólica basal.
O aumento da termogênese e o processo de gradação, que consiste na reintrodução em etapas dos alimentos têm como objetivo a reeducação e também o aumento metabólico, para que não haja reganho na fase de manutenção.

balança

Comportamento

Estudos científicos apontam que 92% das pessoas que tratam peso apresentam o que chamamos de “efeito sanfona”, uma vez que o tratamento se restringe a dietas e a medicações sem tratar a causa do ganho de peso – o comportamento.
Quando falamos em tratar comportamento é adequar a nossa alimentação ao nosso metabolismo. Alguns pacientes comem por ansiedade ou compulsão, comendo mais do que gastam. Outros pacientes tem um metabolismo mais baixo, o que faz com que ganhem peso facilmente. Em qualquer um dos casos, adequar nossa alimentação a nossa realidade corporal é importante, sendo necessário trabalhar limites, escolhas, vontades, entre outros tópicos relacionados ao ato de comer.
O método de coaching comportamental tem como proposta mudanças definitivas através de técnicas já comprovadas na forma de como nos relacionamos com a comida, ansiedade e organização, com o objetivo de trazer saúde, qualidade de vida e bem estar.

Dia Internacional da Mulher

Ser Mulher
– Denise Mourão

Ser Mulher é encarar os desafios da vida e não desistir da luta, de uma forma qualquer.
Ser mulher é ter decisão, e envolver-se com razão nas questões que se tem.
Ser mulher é deixar transparecer a sensibilidade nos olhos nos momentos ruins,
É ser o ombro amigo a quem precisa,
É ocultar os desejos , os sentidos, para explodi-los em emoção,
ser mulher é ser menina ao mesmo tempo, é se reconhecer numa canção.
Ser mulher é ser honesta com os outros e consigo,
Ser mulher é conviver numa sociedade machista, e tê-los como amores ou amigo
Ser mulher é ser verdadeira, e encantar a quem nos conhece,
Ser mulher é ser amor, ser como uma flor que todo dia floresce.

No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.

A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.

Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o “Dia Internacional da Mulher”, em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857. Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas).

Quando foi criado, a intenção do dia não era  apenas comemorar. Na maioria dos países, realizam-se conferências, debates e reuniões cujo objetivo é discutir o papel da mulher na sociedade atual. O esforço é para tentar diminuir e, quem sabe um dia terminar, com o preconceito e a desvalorização da mulher. Mesmo com todos os avanços, elas ainda sofrem, em muitos locais, com salários baixos, violência masculina, jornada excessiva de trabalho e desvantagens na carreira profissional. Muito foi conquistado, mas muito ainda há para ser modificado nesta história.

10 Coisas que Você Precisa Saber para Iniciar Bem o Ano

auto estima bem estar

Para começar bem o ano!

E está chegando o fim de ano e com ele muitas promessas para começar o ano, literalmente, com o pé direito. Qualidade de vida e alto astral precisam fazer parte da sua lista e para ajudar nessa hora de decisão, a SBEM criou de presente de natal, os “10 Coisas que Você Precisa Saber para Iniciar Bem o Ano”. Se você conseguir pelo menos um dos itens já é um ótimo sinal
Feliz 2014!

  1. Começar a fazer uma atividade física no dia 2 de janeiro, afinal dia 1 é feriado, certo?
  2. Resistir às tentações dos restaurantes a quilo e escolher alimentos bem saudáveis. Não esqueça de acrescentar uma fruta na sobremesa.
  3. Tentar não se estressar com assuntos que não merecem. Experimente dar uma nota sendo 1 para os que são sem importância e 10 para os que me merecem muita atenção. Se manter uma média 5 é um bom sinal.
  4. Lembrar de marcar minha consulta com o endocrinologista e ser sincero com ele.
  5. Curtir mais minha família e amigos e, com isso, aumentar os níveis de serotonina.
  6. Estar com a autoestima sempre em dia (e a saúde também!).
  7. Incluir alimentos ricos em gorduras (boas) no cardápio: salmão, azeite, frutas oleaginosas
  8. Olhe-se bem no espelho… você não é tão baixinho assim.
  9. Parar de bular a dieta pendurada na porta da geladeira, e não ligar para o disk pizza do lado
  10. Resistir o docinho depois do almoço de todos os dias.

 

Com foco e determinação você alcançará seu objetivo com sucesso.

 

 

Fonte: endocrino.org.br

Conheça mais sobre o colesterol e suas funções

emagrecer

Embora muitas pessoas achem o colesterol uma substância maléfica, ele é primordial para o funcionamento do corpo humano. Para isso, no entanto, seus níveis devem estar sempre controlados. Confira, abaixo, 10 Coisas que Você Precisa Saber sobre Colesterol:

  1. O colesterol é um tipo de gordura (lipídio) encontrado naturalmente em nosso organismo. Ele é fundamental para o funcionamento normal do organismo, sendo o componente estrutural das membranas celulares em todo nosso corpo. Ele está presente no cérebro, nervos, músculos, pele, fígado, intestinos e coração.
  2. O corpo humano utiliza o colesterol para produzir vários hormônios, vitamina D e ácidos biliares que ajudam na digestão das gorduras. Cerca de 70% do colesterol é fabricado pelo nosso próprio organismo, no fígado, enquanto que os outros 30% vêm da dieta.
  3. Existem dois tipos de colesterol. O HDL é chamado de “colesterol bom” pois forma uma classe de lipoproteínas que ajuda a carregar o colesterol do ateroma dentro da artérias, e transportá-lo de volta ao fígado para ser excretado. Já o LDL, chamado de “colesterol ruim”, transporta o colesterol de células que mais produzem do que usam, para as células que mais necessitam. É considerado ruim pela relação que existente do alto índice de LDL com doenças cardíacas.
  4. Quando em excesso (hipercolesterolemia), o colesterol pode se depositar nas paredes das artérias, que são os vasos que levam sangue para os órgãos e tecidos, determinando um processo conhecido com arteriosclerose. Se esse depósito ocorre nas artérias coronárias, pode ocorrer angina (dor no peito) e infarto do miocárdio. Se ocorre nas artérias cerebrais, pode provocar acidente vascular cerebral (derrame).
  5. Manter uma vida saudável, praticando exercícios físicos e evitando comer alimentos gordurosos ajuda a evitar o alto colesterol. Parar de fumar também é uma atitude que ajuda a neste controle.
  6. Gema de ovo, bacon ou toucinho, carne de frango com pele, torresmo, manteiga, creme de leite e nata, frituras, salsicha, salame e lingüiça e carnes de animais são os principais alimentos que contém uma significativa quantidade de colesterol.
  7. O aumento no nível de colesterol no sangue não costuma ter sintomas. Em casos excepcionais, aparecem os chamados xantomas, que são sinais decorrentes do acúmulo do colesterol na pele. Quando o aumento do colesterol atinge níveis muito altos, pode haver um aumento no fígado, no baço e sintomas de pancreatite.
  8. As taxas de colesterol apontadas em exames se referem à soma do bom colesterol (HDL) com o mau colesterol (LDL). Essa taxa é considerada boa quando está abaixo de 200, suspeita quando está entre 201 e 239 e elevada quando está acima de 240;
  9. Há três causas para a alteração do colesterol. A primeira é o fator genético, quando o indivíduo possui genes que determinam essa alteração. A segunda é a alimentação. Quem ingere alimentos gordurosos, com alto índice de colesterol, têm mais chances de sofrer com taxas altas. A última possível causa são doenças, como hipotireoidismo, diabetes e doenças nos rins.
  10. Para fazer uma dieta visando o controle do colesterol, prefira leite e iogurte desnatados, queijo branco fresco, ricota, “cottage”, queijos “light”, peixes, aves sem pele, carnes magras, inhame, macarrão, pães, bolachas de água e de água e sal, evitando sempre gordura em excesso. O tratamento das alterações do colesterol deve ser mantido por toda a vida. Tanto os cuidados com a alimentação e exercícios, como o uso de medicamentos, deverão ser empregados por tempo indeterminado.

 

Fonte: endocrino.org.br